DIÁRIO DE VIAGEM DO JORNALISTA NUNO FERREIRA (EX-EXPRESSO, EX-PÚBLICO) QUE ATRAVESSOU PORTUGAL A PÉ ENTRE FEVEREIRO DE 2008 E NOVEMBRO DE 2010. O BLOG INCLUI TODAS AS CRÓNICAS PUBLICADAS NA REVISTA "ÚNICA" EM 2008, BEM COMO AS QUE SÃO PUBLICADAS SEMANALMENTE NO SITE CAFÉ PORTUGAL. (Travel diaries of Nuno Ferreira, a portuguese journalist who crossed Portugal on foot from February 2008 to November 2010. contact: nunoferreira62@gmail.com ou nunocountry@gmail.com

04/07/10

 
Posted by Picasa
O helicóptero apareceu cerca das 11h45. “Quando apareceu o heli eu já estava numa posição mais visível e segura. Foram cinco segundos. O resgatador fez sinal de posicionamento e lá fui eu feito foguete”.
O Marão, perigoso, traiçoeiro, acabara de me pregar a maior lição da viagem. Nada justifica colocar a vida de outros em risco. Se algo tivesse acontecido a Zé António não me perdoaria nunca. “Acabou, já passou”, dizia o comandante Artur, dos Bombeiros Voluntários de Fontes, perante a minha cara de desânimo, em Ermida. Eu sabia que ainda não acabara. Um homem ficara na montanha em perigo por minha causa.

2 comentários:

S disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
S disse...

Sem dúvida, uma grande aventura e digna deste excelente registo. Só me resta deixar os Parabéns aos bombeiros de Fontes que só não fazem mais porque infelizmente não possuem os meios necessários, que tanto mereciam.

Hugo Sequeira

 
Site Meter